Figo pelo mundo

Sempre me perguntam: “De onde vem tanto figo?” Se você também já se fez essa pergunta sobre a Mazé Doces, lendo esse post, vai acabar com sua curiosidade!

Quando se fala em produção de figos no Brasil, o primeiro lugar que ouvimos falar é Valinhos, em São Paulo. Não há dúvida que lá se produz muitos, principalmente o figo roxo. Mas aqui em Minas Gerais também temos uma grande região produtora, a cidade de São Sebastião do Paraíso. Um verdadeiro paraíso produtor de figos, e é de lá que vem a maior parte para a produção de doces da Mazé Doces.

Amo tanto os figos que quando estive na Europa fiz questão de provar todos que vi, dos cultivados aos silvestres e me encantei. Andava pelos campos e encostas a colhê-los e saboreá-los, brancos, roxos, pequenos e grandes, não importava, o importante era sentir cada sabor único deles. Me encanto com eles aqui no Brasil, e lá fora não poderia ser diferente. Pois o figo é sagrado, tão sagrado que Jesus e vários outros líderes religiosos, se sentaram debaixo de uma figueira para pregar o seu amor pela humanidade. Amor este que devemos cultivar por tudo que o universo nos oferece, principalmente pelos frutos que nos alimentam.

Sendo assim, seguimos fazendo com muito amor para todos vocês os doces de figo em suas diversas variações. E é agora, no início do ano que sua safra está abundante, junto com essa abundância é hora de preparar e armazená-los, para durante o ano finalizarmos e assim distribuir suas delícias por esse nosso Brasil a fora. Tenho me sentido muito feliz, pois nos últimos 2 anos aqui na região de Carmópolis de Minas estamos tendo a alegria de colher muitos figos, sabe onde? Nos quintais das casas dos produtores! Um exemplo é o Senhor Valentino que plantou um pequeno pomar de figo para nós, que em dezembro de 2020 tive a alegria de saborear seus frutos, enquanto fazia a colheita havia um figo maduro delicioso, o que não é muito comum aqui na região.

Tudo isso é lindo e gratificante pra nós, porque sabemos que de alguma forma podemos contribuir para o crescimento da economia rural na nossa região. O figo tão sagrado que surpreendentemente colhemos em cada figueira dos quintais rende aproximadamente 30 kg. Isso é maravilhoso! Você não acha?!

E você tem uma figueira em casa? Faz doces desse fruto sagrado e tão apreciado?

Quer conhecer nossas delícias produzidas com o figo e outras? Acesse www.mazedoces.combr